Concurso Amazul 2020 – Inscrições, Vagas

Certame da Amazul teve suas inscrições reabertas apenas para o cargo de Assistente Administrativo.

O Idecan (Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional), banca organizadora do certame da Amazul (Amazônia Azul Tecnologias de Defesa), divulgou uma retificação que reabre o período de inscrições para o cargo de Assistente Administrativo, com a oferta de 30 vagas.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 10 de maio por meio do site www.idecan.org.br. O valor da taxa é de R$ 70.

São ofertadas 2.377 vagas temporárias para diversos cargos de nível médio e superior de ensino. Desse total, 67 vagas são para preenchimento imediato e as 2.310 vagas restantes são para a formação de cadastro reserva.

As vagas são para os seguintes cargos:

– Analista administrativo, analista de desenvolvimento de sistemas, analista de negócios, analista de relações institucionais, analista de sistemas, arquiteto, assistente administrativo, contador, engenheiro civil, engenheiro de automação e controle, engenheiro de energia, engenheiro de materiais, engenheiro de produção, engenheiro de telecomunicações, engenheiro eletricista, engenheiro eletricista/eletrônico/eletrônico/automação e controle, engenheiro eletrônico, engenheiro mecânico, engenheiro naval, engenheiro nuclear, engenheiro para atuar em instrumentação e controle, engenheiro para atuar em proteção e combate a incêndio, engenheiro para atuar na área de gestão da qualidade, engenheiro químico, proteção radiológica, físico, pesquisador em história, projetista civil, projetista de eletricidade, projetista de instrumentação e controle, projetista mecânico, químico, técnico em eletrônica, técnico em mecânica, técnico em química, tecnólogo em projetos mecânicos e web designer.

O cargo de Assistente Administrativo, o qual está com as inscrições abertas, oferta 30 vagas e também sofreu alterações em seus requisitos, sendo retirada a exigência de carga horária mínima de 1.500 horas para a formação técnica, agora basta que o curso atenda às exigências do MEC.

Os contratados irão atuar na sede da empresa, em São Paulo, ou em outras regiões do Brasil onde a estatal possua profissionais alocados.

O vínculo de trabalho será de 6 meses, com as regras da CLT e com a possibilidade de prorrogação pelo limite de até 2 anos.

A seleção irá ocorrer por meio de prova objetiva, que ocorreria no dia 19 de abril, mas que foi adiada por período indeterminado em razão do Coronavírus.

A análise de títulos será a segunda fase do concurso, sendo necessário que os candidatos apresentem os documentos comprobatórios relativos à formação acadêmica e experiência profissional.

O certame terá a validade de 2 anos, período que poderá ser prorrogado uma vez pelo mesmo período.

Provas

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *